quinta-feira, 25 de março de 2010

POEMA 15

(AH AH AH) HMMM... AH E TAL...

Os passarinhos cantam lá fora
Enquanto tu é quem mais cora
Mas as vergonhas sou eu que passo
Em tudo aquilo que te digo e faço

Sou eu quem canta agora
Por favor não vas já embora
Ouve aquilo que te dedico
Se preferires aqui não fico

Hoje sinto-me bem
Espero que tu também
És tu quem me faz sentir assim

Ri-te à vontade
Só te digo a verdade
Preciso de ti perto de mim...

(24/3/2005)

1 comentário:

  1. lindissimo este poema...adorei...dos mais lindos que colocas-te aqui do teu livro...

    ResponderEliminar